A decisão de deixar o gato sair de casa ou não, nem sempre depende do proprietário. Estes gatinhos têm a sua fama adquirida em escapar para dar um passeio nos arredores por várias horas e até dias. Deve permitir que o seu gato saia ou use todos os meios para mantê-lo em casa? Isto é o que os peritos dizem.

O debate entre permitir que os gatos saiam nas suas caminhadas frequentes ou não continua a ser um ponto de controvérsia entre proprietários e especialistas no mundo animal. Mas independentemente da decisão que tomares, nem sempre serás capaz de impedir a sua fuga.

Os gatos devem sair de casa?

Razões pelas quais o seu gato sai de casa

Há duas razões fundamentais para um gato fugir e não é porque não se sente confortável em casa:

  • Os gatos são animais de estimação extremamente curiosos e inquietos, embora, é claro, este último também dependerá da sua raça e personalidade.
  • Outra razão são as estações do calor. Se o seu gato não for esvaido, contê-lo tornar-se-á uma missão quase impossível.

Vantagens e desvantagens de permitir que o seu gato saia

Os gatos, apesar de serem animais de estimação, ainda mantêm neles a essência dos caçadores inatos. Estes animais gostam muito da natureza, por isso, se considerarmos que o exterior é muito perigoso, é importante que crie um espaço para o seu gatinho que compense as necessidades do seu lado mais selvagem.

Que o seu gato sai não significa necessariamente que ele está em maior perigo do que ficar em casa, isso vai depender muito do ambiente onde você vive. No entanto, deve ainda tomar precauções com o seu gato ao ar livre, tais como:

  • Mantenha as vacinas atualizadas, dê-lhe antiparasióticos periodicamente e esterilize-o.
  • Penteia-o e verifique se não tem carrapatos.
  • Forneça uma nutrição que lhe dê maior energia e proteção contra germes.
  • Identifique o seu gato com um chip e coloque o seu GPS FindPet que lhe permitirá localizar o seu gato instantaneamente.

Se ainda não decidir se deve permitir que o seu gato saia de casa ou não, há também a opção de passear o seu gato frequentemente com um arnês, umavez que a trela pode ferir-lhe o pescoço.

Antes de partir, visite estes artigos, podem ser do seu interesse:

Tags